Entrevista Marcos de Ros – Parte 2

Parte 2

Perguntas Realizadas

(00:25) Falando em repertório clássico, quais são os teus períodos e compositores prediletos?
(04:23) Mais sobre o Peças de Bravura: esse disco tem diversas peças com influência de música brasileira. Sendo um músico acostumado a tocar música erudita e metal, quais foram as dificuldades que você encontrou para tocar esse tipo de repertório? E como você estudava esses estilos?
(10:15) Como tu estrutura as tuas práticas hoje? Continuar lendo

Entrevista com Marcos de Ros – Parte 1

Parte 1

Perguntas Realizadas

(01:30) O que é a Maestria?
(02:10) Os grandes mestres atingiram um nível qualitativamente diferenciado. Você saberia dizer o que é essa qualidade diferenciada que eles atingiram? Quais são as Continuar lendo

Show do Steve Vai e o que Eu Aprendi Nele

Na última terça-feira, Steve Vai comemorou seu aniversário de 57 anos com um show inacreditável em Porto Alegre, e o Samurai Guitar estava lá para cobrir o evento trazido à capital gaúcha pela Abstratti Produtora. Para os estudantes de guitarra, a apresentação foi uma verdadeira aula — e eu, nerd que sou, sentei na primeira carteira, bem na frente do professor. A menos de dois metros do mestre, foi possível observar detalhes de sua técnica que não seriam perceptíveis da plateia ou a partir de um DVD. Este artigo divide com vocês não apenas um pouco do espetáculo, mas também o que aprendi ao assistir a um dos maiores guitarristas da história tão de perto.

Continuar lendo

Segredos Amorosos Marcianos 7: Para Encerrar… (Steve Vai)

(Parte 7 de 7, originalmente publicada em agosto de 1989 na revista Guitar Player norte-americana.)

Se você estiver seguindo estes artigos, você provavelmente observou que meu método não é nada ortodoxo. Acredito que você pode encontrar informações técnicas sobre música e performance em inúmeras publicações. Espero que o que eu disse tenha inspirado você a mergulhar na sua imaginação, no seu coração e na sua alma. Se algum destes artigos lhe inspirar a criar um som original ou pessoal no seu instrumento, terá sido um sucesso para mim. Tudo se resume a você e sua atitude. Continuar lendo

Como Praticar Escalas (Julian Lage)

Como praticar escalas na guitarra de uma maneira mais musical e criativa é uma questão absolutamente necessária. Pouca coisa é tão prejudicial e estupidificante para os estudantes quanto ficar apenas subindo e descendo escalas de modo burro e maçante repetidamente. Nesta aula, o incrível Julian Lage dá uma excelente dica de como praticar escalas na guitarra de modo mais inteligente e frutífero.

O princípio por trás dessa dica é uma ideia que nós do Samurai Guitar já viemos repetindo desde sempre: eliminar o máximo possível a diferença entre a prática e a performance. Se você quer saber mais sobre isso, pode dar uma conferida no nosso e-book Prática Perfeita (disponível aqui), onde explicamos em mais detalhes os passos envolvidos nesse processo. Se você quiser ir além e ter acompanhamento individualizado do Samurai Guitar, pode também se inscrever para aulas presenciais ou via skype clicando aqui.

Segredos Amorosos Marcianos 6: Imagens Mentais (Steve Vai)

(Parte 6 de 7, originalmente publicado em julho de 1989 na revista Guitar Player norte-americana.)

Às vezes tocamos coisas que surgem do nada e não sabemos por quê. Eu acredito que seja inspiração divina. Podemos apenas ver essas coisas de maneira superficial; porém, em vez disso, vamos tentar fixar algumas “imagens” nesses flertes com o divino.

Pegue seu instrumento e toque um acorde. Tente inventar um acorde que você nunca Continuar lendo

Acordes Pianísticos na Guitarra (e Exercício para Abertura dos Dedos)

O jeito de tocar do Allan Holdsworth sempre impressionou a todos não só por suas proezas como solista, mas também por suas harmonias sofisticadas, com acordes de sonoridade ímpar e execução quase impossível. Nesse sentido, Allan muitas vezes se vale de voicings pouco usuais para a guitarra. Partindo desse exemplo, neste artigo vamos ver um ótimo exercício para explorar acordes menos óbvios no nosso instrumento e que, de quebra, nos ajuda a treinar a abertura dos dedos.

Continuar lendo

Segredos Amorosos Marcianos 5: O Físico, Parte 2 (Steve Vai)

(Parte 5 de 7, originalmente publicado em junho de 1989 na revista Guitar Player norte-americana.)

A música evoca certas emoções nas pessoas. Uma melodia familiar pode lembrá-lo de períodos inteiros em sua vida. Quando eu escuto “Led Zeppelin II”, “Are you Experienced?”, do Jimi Hendrix, ou mesmo alguma canção antiga da Motown, a música leva minha consciência de volta a um momento em minha vida quando essa música era popular. Quando experimentamos esse fenômeno, podemos nos sentir novamente da mesma maneira que nos sentimos no momento mais inesquecível em que ouvimos a música. Continuar lendo

Entrevista/Bate-papo com Michel Leme pt. 3

Parte 3

Perguntas Realizadas / Assuntos Abordados

1 – Você estava falando de criar música improvisada interagindo com outros músicos. O sucesso dessa fórmula depende muito das pessoas envolvidas. Quais dicas você poderia dar para os estudantes deixarem o ego de lado e tocarem para a música, e não para si mesmos? (01:00) Continuar lendo

Entrevista/Bate-papo com Michel Leme pt. 2

Parte 2

Perguntas Realizadas / Assuntos Abordados

1 – Estamos vendo assumir a frente do instrumento uma nova geração de guitarristas que é toda criada dentro do YouTube, tocando em casa, com playback, diante de uma câmera, em vez de no palco, com uma banda, diante de um público presente. Como você vê essa situação? (00:40) Continuar lendo