Show do Steve Vai e o que Eu Aprendi Nele

Na última terça-feira, Steve Vai comemorou seu aniversário de 57 anos com um show inacreditável em Porto Alegre, e o Samurai Guitar estava lá para cobrir o evento trazido à capital gaúcha pela Abstratti Produtora. Para os estudantes de guitarra, a apresentação foi uma verdadeira aula — e eu, nerd que sou, sentei na primeira carteira, bem na frente do professor. A menos de dois metros do mestre, foi possível observar detalhes de sua técnica que não seriam perceptíveis da plateia ou a partir de um DVD. Este artigo divide com vocês não apenas um pouco do espetáculo, mas também o que aprendi ao assistir a um dos maiores guitarristas da história tão de perto.

Continuar lendo

Anúncios

Segredos Amorosos Marcianos 7: Para Encerrar… (Steve Vai)

(Parte 7 de 7, originalmente publicada em agosto de 1989 na revista Guitar Player norte-americana.)

Se você estiver seguindo estes artigos, você provavelmente observou que meu método não é nada ortodoxo. Acredito que você pode encontrar informações técnicas sobre música e performance em inúmeras publicações. Espero que o que eu disse tenha inspirado você a mergulhar na sua imaginação, no seu coração e na sua alma. Se algum destes artigos lhe inspirar a criar um som original ou pessoal no seu instrumento, terá sido um sucesso para mim. Tudo se resume a você e sua atitude. Continuar lendo

Como Praticar Escalas (Julian Lage)

Como praticar escalas na guitarra de uma maneira mais musical e criativa é uma questão absolutamente necessária. Pouca coisa é tão prejudicial e estupidificante para os estudantes quanto ficar apenas subindo e descendo escalas de modo burro e maçante repetidamente. Nesta aula, o incrível Julian Lage dá uma excelente dica de como praticar escalas na guitarra de modo mais inteligente e frutífero.

O princípio por trás dessa dica é uma ideia que nós do Samurai Guitar já viemos repetindo desde sempre: eliminar o máximo possível a diferença entre a prática e a performance. Se você quer saber mais sobre isso, pode dar uma conferida no nosso e-book Prática Perfeita (disponível aqui), onde explicamos em mais detalhes os passos envolvidos nesse processo. Se você quiser ir além e ter acompanhamento individualizado do Samurai Guitar, pode também se inscrever para aulas presenciais ou via skype clicando aqui.

Segredos Amorosos Marcianos 6: Imagens Mentais (Steve Vai)

(Parte 6 de 7, originalmente publicado em julho de 1989 na revista Guitar Player norte-americana.)

Às vezes tocamos coisas que surgem do nada e não sabemos por quê. Eu acredito que seja inspiração divina. Podemos apenas ver essas coisas de maneira superficial; porém, em vez disso, vamos tentar fixar algumas “imagens” nesses flertes com o divino.

Pegue seu instrumento e toque um acorde. Tente inventar um acorde que você nunca Continuar lendo

Acordes Pianísticos na Guitarra (e Exercício para Abertura dos Dedos)

O jeito de tocar do Allan Holdsworth sempre impressionou a todos não só por suas proezas como solista, mas também por suas harmonias sofisticadas, com acordes de sonoridade ímpar e execução quase impossível. Nesse sentido, Allan muitas vezes se vale de voicings pouco usuais para a guitarra. Partindo desse exemplo, neste artigo vamos ver um ótimo exercício para explorar acordes menos óbvios no nosso instrumento e que, de quebra, nos ajuda a treinar a abertura dos dedos.

Continuar lendo

Segredos Amorosos Marcianos 5: O Físico, Parte 2 (Steve Vai)

(Parte 5 de 7, originalmente publicado em junho de 1989 na revista Guitar Player norte-americana.)

A música evoca certas emoções nas pessoas. Uma melodia familiar pode lembrá-lo de períodos inteiros em sua vida. Quando eu escuto “Led Zeppelin II”, “Are you Experienced?”, do Jimi Hendrix, ou mesmo alguma canção antiga da Motown, a música leva minha consciência de volta a um momento em minha vida quando essa música era popular. Quando experimentamos esse fenômeno, podemos nos sentir novamente da mesma maneira que nos sentimos no momento mais inesquecível em que ouvimos a música. Continuar lendo

Entrevista/Bate-papo com Michel Leme pt. 3

Parte 3

Perguntas Realizadas / Assuntos Abordados

1 – Você estava falando de criar música improvisada interagindo com outros músicos. O sucesso dessa fórmula depende muito das pessoas envolvidas. Quais dicas você poderia dar para os estudantes deixarem o ego de lado e tocarem para a música, e não para si mesmos? (01:00) Continuar lendo

Segredos Amorosos Marcianos 4: A Parte Física (Steve Vai)

(Parte 4 de 7, publicado originalmente em maio de 1989, na revista Guitar Player norte-americana.)

Seu rosto revela muito de sua personalidade. Quando as pessoas falam, elas usam os rostos, além das vozes. Às vezes, o verdadeiro significado do que elas estão tentando comunicar (ou não comunicar) fica visível no rosto e na linguagem corporal. Continuar lendo

Segredos Amorosos Marcianos 3: Simulando um Estado de Experiência (Steve Vai)

(Parte 3 de 7. Originalmente publicado em abril de 1989, na revista Guitar Player norte-americana.)

Quanto mais você for capaz de identificar e expressar sua personalidade interior, mais respeito dará ao instrumento de expressão — sua guitarra. Se começar a identificar mais seus diferentes estados de espírito, você terá novos insights sobre a sua maneira de tocar. Sua música terá diferentes características: diversão, tristeza, perversidade, pureza ou o que for. Tocar guitarra, no fim das contas, é uma coisa muito pessoal. Continuar lendo