Tendinite, Falta de Prazer ao Tocar e Esforço Técnico Excessivo

“Não é o quanto ‘queremos’ ou ‘tentamos’ algo, mas o modo como nossa energia é direcionada, que fará o ‘querer’ ou ‘tentar’ efetivo.”

F. M. Alexander

frederick-matthias-alexander-tecnica-alexander-1024x384

Em minha experiência como estudante e instrutor de guitarra, posso afirmar que provavelmente a falta de prazer ao praticar e a tensão muscular excessiva — a qual não raro acaba levando ao desenvolvimento de tendinites — são alguns dos maiores problemas que a grande maioria dos guitarristas enfrenta ou ainda enfrentará em sua caminhada.

Pensando nisso, pedi à professora Eleni Vosniadou que dividisse conosco um pouco do seu conhecimento. A prof. Eleni é especialista em ensinar o uso correto do próprio corpo para músicos através da miraculosa Técnica Alexander, e, nesse material que criou para o Samurai Guitar, ela nos fala sobre o conceito de corpo integrado, a chave para solucionar todos esses grandes problemas que citei.

Para quem ainda não conhece (espanque-se!), a Técnica Alexander é, grosso modo, um meio para recuperarmos a unidade entre corpo e mente. Ela nos revela hábitos inconscientes de movimentação que dificultam nosso desempenho em tarefas do cotidiano, bem como oferece ferramentas para substituirmos esses hábitos nocivos por outros, mais eficientes e saudáveis.

O impacto do método sobre a qualidade da performance musical é tão grande que, há anos, a técnica é parte do currículo obrigatório dos dois maiores conservatórios de música do planeta, a Juilliard (Nova York) e a Royal College of Music (Londres), responsáveis pela formação dos mais prestigiados concertistas do mundo.

Por isso, você precisa se inscrever nos canais da Eleni (aqui e aqui) e conhecer o curso dela, o Consciência Corporal Para Músicos, onde ela aprofunda esses e muitos outros conceitos, além de acompanhar individualmente cada um dos participantes. Essa é uma oportunidade única para os músicos brasileiros. Simplesmente imperdível.

 

Como Desenvolver a Habilidade de Tocar o que Você Pensa (Barney Kessel)

A habilidade mais importante de que precisamos como músicos, e especialmente como improvisadores, é a capacidade de reproduzir em nosso instrumento aquilo que ouvimos em nossa mente. E é exatamente como desenvolver essa habilidade que Barney Kessel explica neste vídeo que o Samurai Guitar traduz em primeira mão para os guitarristas brasileiros.

Paul Gilbert – Pegada Rock

Por diversos motivos — que vão desde férias até uma cardiopatia, passando por mudança de endereço e uma reforma na casa —, estou há um bom tempo sem poder me dedicar ao Samurai Guitar como gostaria. E, nessa história toda, o site tem sido o principal prejudicado. Por isso, para acabar com o jejum de posts aqui, mesmo sem ter criado um conteúdo exclusivo, decidi publicar uma Dica de Mestre, dessa vez com o virtuoso Paul Gilbert falando sobre como desenvolver a pegada na guitarra rock. Espero que vocês curtam, e espero poder em breve voltar a publicar os vídeos e entrevistas exclusivas aqui no site! Um forte abraço a todos!

O Melhor Exercício Para Uma Palhetada Eficiente

Em outubro de 2014, quando nos preparávamos para uma performance com Robert Fripp em Mendoza, Argentina, o inacreditável Andres “The Mighty Bull” Ceccarelli me passou, em um personal meeting, o melhor exercício do mundo para praticar a economia de movimento na palhetada.

Continuar lendo

Entrevista Marcos de Ros – Parte 3

Parte 3

Perguntas Realizadas

(00:46) Eu consigo tocar uma frase difícil com precisão depois de repeti-la diversas vezes, mas essa é uma opção que não está disponível ao vivo, quando só temos “um take“. Como você treina as frases mais complexas para que elas saiam de primeira na performance? Continuar lendo

Entrevista Marcos de Ros – Parte 2

Parte 2

Perguntas Realizadas

(00:25) Falando em repertório clássico, quais são os teus períodos e compositores prediletos?
(04:23) Mais sobre o Peças de Bravura: esse disco tem diversas peças com influência de música brasileira. Sendo um músico acostumado a tocar música erudita e metal, quais foram as dificuldades que você encontrou para tocar esse tipo de repertório? E como você estudava esses estilos?
(10:15) Como tu estrutura as tuas práticas hoje? Continuar lendo

Entrevista com Marcos de Ros – Parte 1

Parte 1

Perguntas Realizadas

(01:30) O que é a Maestria?
(02:10) Os grandes mestres atingiram um nível qualitativamente diferenciado. Você saberia dizer o que é essa qualidade diferenciada que eles atingiram? Quais são as Continuar lendo

Show do Steve Vai e o que Eu Aprendi Nele

Na última terça-feira, Steve Vai comemorou seu aniversário de 57 anos com um show inacreditável em Porto Alegre, e o Samurai Guitar estava lá para cobrir o evento trazido à capital gaúcha pela Abstratti Produtora. Para os estudantes de guitarra, a apresentação foi uma verdadeira aula — e eu, nerd que sou, sentei na primeira carteira, bem na frente do professor. A menos de dois metros do mestre, foi possível observar detalhes de sua técnica que não seriam perceptíveis da plateia ou a partir de um DVD. Este artigo divide com vocês não apenas um pouco do espetáculo, mas também o que aprendi ao assistir a um dos maiores guitarristas da história tão de perto.

Continuar lendo

Segredos Amorosos Marcianos 7: Para Encerrar… (Steve Vai)

(Parte 7 de 7, originalmente publicada em agosto de 1989 na revista Guitar Player norte-americana.)

Se você estiver seguindo estes artigos, você provavelmente observou que meu método não é nada ortodoxo. Acredito que você pode encontrar informações técnicas sobre música e performance em inúmeras publicações. Espero que o que eu disse tenha inspirado você a mergulhar na sua imaginação, no seu coração e na sua alma. Se algum destes artigos lhe inspirar a criar um som original ou pessoal no seu instrumento, terá sido um sucesso para mim. Tudo se resume a você e sua atitude. Continuar lendo

Como Praticar Escalas (Julian Lage)

Como praticar escalas na guitarra de uma maneira mais musical e criativa é uma questão absolutamente necessária. Pouca coisa é tão prejudicial e estupidificante para os estudantes quanto ficar apenas subindo e descendo escalas de modo burro e maçante repetidamente. Nesta aula, o incrível Julian Lage dá uma excelente dica de como praticar escalas na guitarra de modo mais inteligente e frutífero.

O princípio por trás dessa dica é uma ideia que nós do Samurai Guitar já viemos repetindo desde sempre: eliminar o máximo possível a diferença entre a prática e a performance. Se você quer saber mais sobre isso, pode dar uma conferida no nosso e-book Prática Perfeita (disponível aqui), onde explicamos em mais detalhes os passos envolvidos nesse processo. Se você quiser ir além e ter acompanhamento individualizado do Samurai Guitar, pode também se inscrever para aulas presenciais ou via skype clicando aqui.