A técnica não existe

– Não tente entortar a colher, isso é impossível. Em vez disso, tente apenas perceber a verdade: a colher não existe. Aí você vai ver que não é a colher que entorta. É você.

Matrix

Quem já leu Prática Perfeita, o e-book do Samurai Guitar (que aliás você pode baixar aqui), sabe da enorme admiração que eu tenho pelos grandes pianistas, em especial por seu assombroso domínio técnico – quase sempre em perfeita harmonia com a expressividade. E é justamente um grande nome do piano (!), a incrível Maria João Pires, quem dá esta que é uma das lições mais bonitas e importantes do Samurai Guitar.

Continuar lendo

5 Erros que Todo Guitarrista Comete

Meu amigo Vilmar Gusberti me recebeu na sua Stars Escola de Música para fazermos um vídeo sobre os maiores (ou mais recorrentes) erros que os estudantes de guitarra cometem. Destilamos uma lista que continha tranquilamente mais de vinte itens para apenas cinco tópicos, todos os quais poderiam ser, sozinhos, pormenorizados em um vídeo individual. Neste texto você confere um resumo do que foi dito na gravação e também tudo aquilo que, na hora, por um motivo ou por outro, não foi dito.

1 – Não ter um bom professor

Quando pensamos em outras habilidades, como aprender a dirigir ou a construir uma ponte ou um prédio, fica sempre evidente a necessidade de se buscar um professor (ou Continuar lendo

Bends!

O bend é a mais guitarrística das técnicas e, com certeza, uma das mais expressivas do nosso instrumento. Neste vídeo, editei uma seleção das partes que considerei mais importantes da série “String Bending Masterclass” (que você pode conferir, em inglês, aqui). Trata-se de um minicurso sobre bend que o mestre Guthrie Govan fez para o canal Guitarist.

Nesta seleção do Samurai Guitar, optei por iniciar pela parte em que Guthrie explica o mecanismo do bend e a função específica de cada parte do corpo na execução da técnica – bem no estilo do Samurai Guitar.

Depois, coloquei uma parte em que o guitarrista britânico explica direitinho como controlar os bends com a articulação do punho, tanto na na subida (bend) como na descida (release), e sugere praticar a técnica aplicando-a aos modos da escala maior.

Para encerrar, Guthrie desafia os estudantes a tocar a escala cromática, ascendendo e descendendo, usando bends – a prova final do controle e afinação dessa técnica.

Tendinite, Falta de Prazer ao Tocar e Esforço Técnico Excessivo

“Não é o quanto ‘queremos’ ou ‘tentamos’ algo, mas o modo como nossa energia é direcionada, que fará o ‘querer’ ou ‘tentar’ efetivo.”

F. M. Alexander

frederick-matthias-alexander-tecnica-alexander-1024x384

Em minha experiência como estudante e instrutor de guitarra, posso afirmar que provavelmente a falta de prazer ao praticar e a tensão muscular excessiva — a qual não raro acaba levando ao desenvolvimento de tendinites — são alguns dos maiores problemas que a grande maioria dos guitarristas enfrenta ou ainda enfrentará em sua caminhada.

Pensando nisso, pedi à professora Eleni Vosniadou que dividisse conosco um pouco do seu conhecimento. A prof. Eleni é especialista em ensinar o uso correto do próprio corpo para músicos através da miraculosa Técnica Alexander, e, nesse material que criou para o Samurai Guitar, ela nos fala sobre o conceito de corpo integrado, a chave para solucionar todos esses grandes problemas que citei.

Para quem ainda não conhece (espanque-se!), a Técnica Alexander é, grosso modo, um meio para recuperarmos a unidade entre corpo e mente. Ela nos revela hábitos inconscientes de movimentação que dificultam nosso desempenho em tarefas do cotidiano, bem como oferece ferramentas para substituirmos esses hábitos nocivos por outros, mais eficientes e saudáveis.

O impacto do método sobre a qualidade da performance musical é tão grande que, há anos, a técnica é parte do currículo obrigatório dos dois maiores conservatórios de música do planeta, a Juilliard (Nova York) e a Royal College of Music (Londres), responsáveis pela formação dos mais prestigiados concertistas do mundo.

Por isso, você precisa se inscrever nos canais da Eleni (aqui e aqui) e conhecer o curso dela, o Consciência Corporal Para Músicos, onde ela aprofunda esses e muitos outros conceitos, além de acompanhar individualmente cada um dos participantes. Essa é uma oportunidade única para os músicos brasileiros. Simplesmente imperdível.

 

Como Desenvolver a Habilidade de Tocar o que Você Pensa (Barney Kessel)

A habilidade mais importante de que precisamos como músicos, e especialmente como improvisadores, é a capacidade de reproduzir em nosso instrumento aquilo que ouvimos em nossa mente. E é exatamente como desenvolver essa habilidade que Barney Kessel explica neste vídeo que o Samurai Guitar traduz em primeira mão para os guitarristas brasileiros.

Paul Gilbert – Pegada Rock

Por diversos motivos — que vão desde férias até uma cardiopatia, passando por mudança de endereço e uma reforma na casa —, estou há um bom tempo sem poder me dedicar ao Samurai Guitar como gostaria. E, nessa história toda, o site tem sido o principal prejudicado. Por isso, para acabar com o jejum de posts aqui, mesmo sem ter criado um conteúdo exclusivo, decidi publicar uma Dica de Mestre, dessa vez com o virtuoso Paul Gilbert falando sobre como desenvolver a pegada na guitarra rock. Espero que vocês curtam, e espero poder em breve voltar a publicar os vídeos e entrevistas exclusivas aqui no site! Um forte abraço a todos!

O Melhor Exercício Para Uma Palhetada Eficiente

Em outubro de 2014, quando nos preparávamos para uma performance com Robert Fripp em Mendoza, Argentina, o inacreditável Andres “The Mighty Bull” Ceccarelli me passou, em um personal meeting, o melhor exercício do mundo para praticar a economia de movimento na palhetada.

Continuar lendo

Entrevista Marcos de Ros – Parte 3

Parte 3

Perguntas Realizadas

(00:46) Eu consigo tocar uma frase difícil com precisão depois de repeti-la diversas vezes, mas essa é uma opção que não está disponível ao vivo, quando só temos “um take“. Como você treina as frases mais complexas para que elas saiam de primeira na performance? Continuar lendo

Entrevista Marcos de Ros – Parte 2

Parte 2

Perguntas Realizadas

(00:25) Falando em repertório clássico, quais são os teus períodos e compositores prediletos?
(04:23) Mais sobre o Peças de Bravura: esse disco tem diversas peças com influência de música brasileira. Sendo um músico acostumado a tocar música erudita e metal, quais foram as dificuldades que você encontrou para tocar esse tipo de repertório? E como você estudava esses estilos?
(10:15) Como tu estrutura as tuas práticas hoje? Continuar lendo

Entrevista com Marcos de Ros – Parte 1

Parte 1

Perguntas Realizadas

(01:30) O que é a Maestria?
(02:10) Os grandes mestres atingiram um nível qualitativamente diferenciado. Você saberia dizer o que é essa qualidade diferenciada que eles atingiram? Quais são as Continuar lendo