Acordes Pianísticos na Guitarra (e Exercício para Abertura dos Dedos)

O jeito de tocar do Allan Holdsworth sempre impressionou a todos não só por suas proezas como solista, mas também por suas harmonias sofisticadas, com acordes de sonoridade ímpar e execução quase impossível. Nesse sentido, Allan muitas vezes se vale de voicings pouco usuais para a guitarra. Partindo desse exemplo, neste artigo vamos ver um ótimo exercício para explorar acordes menos óbvios no nosso instrumento e que, de quebra, nos ajuda a treinar a abertura dos dedos.

Basicamente, vamos trabalhar a partir de um template e modificá-lo uma nota por vez. O template que usaremos é o do acorde de quarta suspensa, ou sus4. Esse acorde consiste basicamente em tônica, quarta e quinta, e, nos exemplos deste artigo, acrescentaremos também a oitava. Escolhemos um tom (os exemplos estarão todos em Lá maior) e identificamos os sete acordes diatônicos do campo harmônico, utilizando o seguinte voicing:

Exemplo 1 - Campo Harmonico de Lá Maior com acordes sus4

Exemplo 1 – Campo harmônico de Lá maior com acordes sus4.

Esses interessantes acordes, como você notou, são de simples execução e não exigem nenhuma abertura de dedos desafiadora. Mas o exercício mesmo começa agora: vamos pegar a nota da ponta de cada acorde e baixá-la em um grau. Assim, teremos o seguinte:

Exemplo 2 - Baixando a nota da ponta em um grau - Campo Harmonico de Lá Maior com acordes sus4 com sétima

Exemplo 2 – Baixando a nota da ponta em um grau, obtemos o campo harmônico de Lá maior com tétrades sus4.

Agora já começa a surgir um desafio, e uma abertura considerável entre os dedos 1, 2 e 3 começa a ocorrer. Esse tipo de prática pode funcionar muito bem como um aquecimento alternativo, substituindo o aquecimento com movimentação por um aquecimento harmônico. Você pode encarar essa substituição como uma simples variação criativa, pra que seus treinos não caiam numa rotina, e também como uma opção caso tenha pouco tempo disponível para praticar e esteja precisando estudar harmonia.

Mas o exercício não acaba aqui, e podemos elevá-lo mais um nível se quisermos. Podemos acrescentar uma nova alteração na nossa sequência de acordes. Dessa vez, em vez de baixarmos a nota da ponta em um grau, vamos subir a nota do baixo em um grau. Com isso, vamos obter uma série de tétrades em segunda inversão, começando pelo quinto grau (dominante):

Exemplo 3 - Subindo a nota do baixo em um grau - Campo Harmonico de Lá Maior com acordes de sétima em segunda inversão

Exemplo 3 – Subindo a nota do baixo em um grau: campo harmônico de Lá maior com tétrades em segunda inversão.

Esses acordes têm um som único e muito bonito, e são comumente utilizados por pianistas e tecladistas, cujos instrumentos permitem a fácil execução harmônica de intervalos de segunda. Já na guitarra, esses acordes só estão disponíveis nesta configuração e neste grupo de cordas que utilizamos. Tente executá-los em outros grupos de cordas com esse mesmo voicing. A menos que sua mão tenha dedos kid bengala, será impossível executá-los sem se valer do intervalo de terça maior entre as duas cordas centrais. Isso, no fim, acaba sendo até interessante, sobretudo num contexto de banda, pois tocá-los nas cordas mais agudas acaba ajudando a destacar bem os acordes, separando-os das notas tocadas pelo contrabaixo e ajudando a guitarra a cortar no mix.

Para memorizar bem a execução e a sonoridade desses acordes interessantíssimos, treine-os em suas cadências preferidas e, sobretudo, componha pequenas peças/estudos utilizando e encadeando essas tétrades em segunda inversão e também as tétrades e tríades com quarta suspensa. Isso, aliás, vale pra todos os exercícios e dicas que você vir aqui no Samurai Guitar e em qualquer outra fonte. Assim, além de treinar os dedos, o ouvido e a teoria, você exercita a criatividade, e isso é o que realmente importa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s