A Palheta Illuminati e o Prof. Putitrain

Como todo bom sujeito, estava lá eu um belo dia perdendo meu tempo no YouTube quando o site me recomendou, em seus vídeos relacionados, um vídeo muito específico. Era um vídeo de Prof. Putitrain. E o assunto era tipos de palheta. A tentação foi mais forte do que eu. Eu precisava saber o que prof. Putitrain estava aprontando. Mais do que isso, eu precisava confirmar as duas únicas certezas que tive na mesma hora em que vi o título (e o protagonista) desse vídeo: 1) ele vai dizer que, no fim das contas, todas as palhetas são iguais, que não tem melhor nem pior nessa história e que a decisão sobre qual palheta usar é puramente uma questão de preferência pessoal; e 2) ele não vai citar a palheta que eu uso. Essa segunda certeza era a que me doía mais. Primeiro porque é a melhor palheta que existe, segundo porque eu sabia que ele não iria dizer o que faz dela a melhor palheta que existe. Continuar lendo

Suíte No.1 e a Técnica Ortodoxa

No vídeo a seguir eu toco o primeiro movimento da Suite No.1, de Robert Fripp, e falo um pouco sobre a ideia de técnica ortodoxa na guitarra elétrica, a técnica que utilizamos para tocar essa peça. Minha ideia inicial era não incluir nenhuma performance minha no Samurai Guitar. Não queria envolver meu ego nessa história. No entanto, trata-se de um projeto de música, e algumas pessoas haviam pedido para me ver tocando. Justo, pensei. Mas como manter a impessoalidade na abordagem de ensino (impessoalidade no sentido de não impor minhas preferências e estilos pessoais) e, ao mesmo tempo, atender à solicitação? Resposta: indo para um terreno neutro, como a música erudita ou folclórica. A Suíte No. 1 não é nem uma coisa nem outra — mas que engana, engana. Além disso, ela serve como uma deixa perfeita para dar introdução ao meu assunto preferido. Continuar lendo

Como Treinar o Feeling na Guitarra Solo

Tenho certeza que você concorda comigo quando digo que música é uma linguagem. Eu sempre achei que fazer uma analogia entre a linguagem musical e a linguagem verbal nos ajuda muitoa compreender bem e aprimorar vários aspectos da música em si e de nossa execução na guitarra em particular. Continuar lendo